Dominicanos Província Portuguesa da Ordem dos Pregadores
Home » Ordem dos Pregadores » Santos da Ordem

Santos da Ordem

Santos da Ordem dos Pregadores

Santos da Ordem dos Pregadores - Dominicanos

(Alguns exemplos mais significativos, por ordem cronológica):

São Domingos de Gusmão (1170-1221): Domingos nasceu por volta do ano 1170, em Caleruega (Espanha), e faleceu no dia 6 de Agosto de 1221, em Bolonha (Itália). É o fundador da Ordem dos Pregadores, cujos membros, em atenção ao seu nome, também são conhecidos por frades ‘dominicanos’. Acrescentando a característica apostólica à vida canonical sob a Regra de Santo Agostinho, Domingos tomou para si e para a Ordem o ministério da Palavra, que então era reservado aos bispos. Além da sua paixão pela Verdade evangélica, Domingos distinguiu-se ainda pela sua compaixão pelos pobres. Festa litúrgica: 8 de Agosto.

São Raimundo de Peñaforte (1175-1275): Natural de Peñaforte (Espanha), é considerado um dos melhores mestres de Teologia e de Direito Canónico do seu tempo. Em 1234, a pedido do Gregório IX, coligiu todos os decretos dos Pontífices Romanos. Festa litúrgica: 7 de Janeiro.

Bem-Aventurado Frei Gil de Santarém (1190-1265): Nasceu em Vouzela (Portugal) e foi professor na Faculdade de Medicina de Paris. Nesta cidade entrou na O.P. De regresso a Portugal, logrou alcançar a conversão de muitos pecadores, sobretudo os mais pertinazes, através de uma pregação eficaz. Festa litúrgica: 15 de Maio.  

Santo Alberto Magno (1206-1280): De origem bávara (Alemanha), foi um dos grandes mestres da Teologia, tendo ensinado nalgumas das principais Universidades do seu tempo. Foi professor de Tomás de Aquino. É Doutor da Igreja e Padroeiro dos cientistas. Festa litúrgica: 15 de Novembro.

São Pedro Verona (? - 1252): Natural de Verona (Itália), entregou-se de alma e coração a uma vida de incansável pregação itinerante em terras contaminadas por numerosas heresias. Foi martirizado pelo seu amor à fé e obediência a Roma, em 1252. Festa litúrgica: 4 de Junho.   

São Gonçalo de Amarante (? - 1259): Nasceu em Tagilde (Portugal). Foi pároco e mais tarde peregrinou aos Lugares Santos da Palestina e a Roma, durante 14 anos. Entrou mais tarde na O.P. e, em Amarante, irá levar uma vida de intensa piedade e penitência. Está associado à construção da ponte de Amarante. Festa litúrgica: 10 de Janeiro.

São Tomás de Aquino (1225-1274): Nasceu em Roccasecca (Itália). É um dos mais brilhantes teólogos da Igreja de todos os tempos. De entre as suas numerosas obras e tratados destaca-se a Summa Theologiae. É Doutor da Igreja e Padroeiro de todas as Universidades e Escolas Católicas. Festa litúrgica: 28 de Janeiro.

Santa Margarida da Hungria (1242-1270): Filha de Bela IV, rei dos Húngaros, entregou-se à vida de ascese monástica e às obras de misericórdia, conjugando sabiamente o zelo pela paz social e a denúncia corajosa das injustiças do seu tempo. Destacou-se pela sua piedade e pela sua disponibilidade para os serviços mais humildes na comunidade. Festa litúrgica: 18 de Janeiro.

- Santa Catarina de Sena (1347-1380): Natural de Sena (Itália), bateu-se fortemente pela causa da unidade da Igreja em tempos muito conturbados. Escreveu diversas obras e numerosas cartas cheias de sabedoria espiritual e eclesial. É Doutora da Igreja e Co-Padroeira da Europa. Festa litúrgica: 29 de Abril.

São Vicente Ferrer (1350-1419): De origem espanhola (Valência), foi um eminente pregador em toda a Europa Ocidental. Legou-nos uma importante obra, ‘Sobre a Vida Espiritual’. Festa litúrgica: 5 de Abril.

Bem-Aventurado João de Fiésole (Fra Angélico) (? - 1455): De origem toscana (Itália), ‘Fra Angélico’, como ficará mundialmente conhecido, destacou-se como um eminente pintor de arte religiosa. Sem prejuízo de ser um grande artista, nunca deixou de ser um homem simples e recto, pobre e humilde. Festa litúrgica: 18 de Fevereiro.  

Bem-Aventurada Joana de Portugal (Santa Joana Princesa) (1452-1490): Filha do rei D. Afonso V de Portugal. Chegou inclusivamente a ser regente do reino. A sua piedade centrou-se na devoção à Paixão de Cristo, na sua vida austera e edificante, assim como na misericórdia para com os mais pobres. Festa litúrgica: 12 de Maio.

- São Pio V (1504-1572): Natural de Bosco (Itália), foi eleito Papa em 1566 e manteve o seu hábito dominicano (daí a tradição dos Papas se vestirem de branco). Foi o grande implementador do Concílio de Trento. A ele se devem a publicação do ‘Catecismo Romano’, do ‘Breviário’ e do ‘Missal Romano’. Grande devoto de Nª. Srª do Rosário. Festa litúrgica: 30 de Abril.

Beato D. Frei Bartolomeu dos Mártires (1514-1590): Natural de Lisboa, entrou na O.P. e, mais tarde, foi nomeado, por Pio IV, Arcebispo de Braga, em 1559. Participou nos trabalhos do Concílio de Trento, na fase final, e foi um dos principais implementadores das suas reformas em Portugal, tendo publicado numerosas obras para esse efeito. Festa litúrgica: 18 de Julho.

Santa Catarina de Ricci (1522-1590): Buscando incansavelmente a glória do Senhor, promoveu a reforma da vida regular segundo a inspiração de frei Jerónimo Savonarola. Deixou documentos valiosos de doutrina espiritual. Festa litúrgica: 4 de Fevereiro.

São Martinho de Lima (1579-1639): Também conhecido por ‘São Martinho de Porres’, nasceu em Lima (Peru). Dotado de admirável simplicidade, inocência e fé profunda, destacou-se nos ofícios mais humildes. Muito devoto ao sacramento da Eucaristia e entregue às obras de caridade. Festa litúrgica: 3 de Novembro.

Santa Rosa de Lima (1586-1617): Nasceu em Lima (Peru) e é celebrada como a primeira santa canonizada da América Latina, insigne pela sua vida de penitência e oração, e dotada de brilhantes qualidades humanas e cristãs. Destacou-se, ainda, pelas suas obras de misericórdia. Festa litúrgica: 23 de Agosto.