Dominicanos Província Portuguesa da Ordem dos Pregadores
Home » Vocações e Formação » Pregação

Pregação

Comentários às Leituras Dominicais por fr. José Nunes, op

Comentários às Leituras Dominicais por fr. José Nunes, op - Dominicanos

 

11 Novembro – XXXIII Domingo do Tempo Comum – Ano B

 

Os textos de hoje são belos e comoventes, sobretudo no elogio que fazem a duas viúvas que, sendo pobres e tendo tão poucos bens materiais, partilham tudo o que têm. Isto, desde logo, ensina que Deus, ainda que amando loucamente a todos os seres humanos, tem uma predilecção pelos pobres e por aqueles que generosamente partilham. Aquelas viúvas, além disso, são uma figura de Jesus, tal como nos é apresentado na carta aos Hebreus: Ele fez-se pobre, Ele foi humilde, Ele deu-se e entregou-se por inteiro.

Somos chamados, de facto, a darmo-nos por inteiro: os pais darem-se por inteiro (e não apenas a espaços) aos seus filhos, os trabalhadores darem-se de alma e coração ao seu serviço e não apenas para cumprir horários ou para receber um salário, os que têm um ministério nas comunidades cristãs darem-se generosamente por inteiro a esse serviço e não apenas quando convém ou é mais fácil…

E somos desafiados também a olhar mais para as pessoas do que para os números… A viúva de que fala o Evangelho, se olharmos para os números do dinheiro das ofertas, deu muito menos do que os ricos; mas se olharmos para a pessoa e seu empenho e situação, então concluímos que ela deu muito mais que os ricos. Na vida do quotidiano e na sociedade em geral, não podemos ficar apenas em algarismos: taxa de impostos, percentagens do desemprego, aumento de pontos no déficit, números da emigração, dados da balança comercial ou das exportações… É que por detrás dos números há pessoas, há seres humanos que reclamam dignidade e olhar atento por parte de toda a comunidade humana (a começar pelos que detêm responsabilidades de governação).

 

 

 

Artigo do fr. Bento Domingues, op

Artigo do fr. Bento Domingues, op - Dominicanos

Deus, livra-me de deus